Sejam Bem-Vindos

Galera, comecei este blog com um desejo de, de alguma forma, continuar a ter contato com meu povo e fazer o que sempre gostei de fazer: aprender mais de Deus ouvindo mais dos Seus...

Só gostaria de dizer que este não é meu espaço, ou espaço de alguém, todos podemos dizer o que pensamos, respeitando as denominações, manifestações de fé e compreensão de cada um. Busquemos reter o que é bom e deixar para o Espírito Santo a função de nos dar o discernimento do que é mal, ao que tenho descoberto ser a melhor forma de se conhecer o caráter do nosso Deus.

Funcionamento: todo tema é postado no domingo, ficando aberto à discussão até o sábado, onde um novo tópico será postado. Quem quiser fazer um comentário fica livre pra dizer o que pensa. A escolha de blog, e não de um fórum de discussão, se deu pelo fato do blog manter os comentários em outro espaço, ficando apenas os temas dissertados na página principal, assim, você apenas observa a dinâmica dos tópicos que achar interessantes.

Enfim, sejam bem-vindos, e fiquem à vontade, a casa é de vocês!

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Por que o cachorro não entrou na igreja?





Assistindo ao Jornal Hoje, uma reportagem me intrigou muito: Deputados aprovam lei que torna crime os atos de preconceito contra homossexuais. A reportagem segue falando a respeito dos tipos de discriminação que estas pessoas sofrem e o abuso cometido por algumas autoridades.

Me chama atenção o fato de o maior inimigo deste projeto de lei ser também aquele que, ao meu ver, é o maior causador deste: A Igreja do Senhor. Por que digo isto com toda a convicção? Porque Cristo deixou um mandamento claro para sua Noiva: Ame! Ele não nos mandou fazer caridade, não nos ensinou a pregar bonito nem a vender cd´s. Ele nos mandou amar uns aos outros, amar a humanidade, nos amar, e manifestar a sua mensagem em amor. A cruz é amor. Deus é amor.

Na batalha, seguem argumentos quanto a inconstitucionalidade do projeto de lei, sobre suas possibilidades de interpretação, permitindo que se condenassem práticas e princípios religiosos, onde chegaram a declarar que "qualquer um que ler as cartas de Paulo pode ser preso por discriminação". Do outro lado, dizem que a constituição garante estes direitos de liberdade religiosa, mas vai saber....

Esse tumulto do jornal me fez pensar um pouco. A igreja, que deveria ser o lugar onde as pessoas vão em busca de apoio, de respostas às suas angústias, de cura, libertação, é mais um lugar onde se reproduz o ódio e a discriminação. Conversei com alguns cristãos que usaram termos que nunca encontrei na bíblia para explicar os fatos: "São pervertidos, pessoas repugnantes, nojentas, que não tem vergonha na cara e se deixam levar por suas safadezas". Na verdade o que vejo na bíblia é Jesus indo a casa de pecadores e de pessoas "repugnantes". Paulo nos dando comandos de lutar contra principados e potestades e não contra pessoas, que o mundo jaz no maligno e que todo aquele que não vem para a luz está nas trevas, sendo que a Igreja foi chamada para resplandecer nas trevas e brilhar sobre elas.

Observe em sua igreja, existem pessoas que precisam de Deus entrando pela porta dela? Homossexuais se sentem seguros em ir a este local em busca de restauração? Crianças e adolescentes vitimizados e marginalizados encontram assistência e socorro? Viúvas e órfãos são assistidos? Ou não, a sua igreja teve um surto repentino de conseguir reunir apenas pessoas sadias, completamente apaixonadas por Jesus, que seus maiores pecados são apenas algumas mentirinhas e hipocrisias "irrelevantes" para Deus, pois lhes permite ministrar no Seu altar?

Bem, agente sabe que o cachorro entrou na igreja porque a porta estava aberta, mas alguém sabe me dizer porque o "cachorro" não entrou? Em nossas igrejas, tratamos pessoas diferentes dos nossos conceitos piores que cachorros. Como elas se sentem quando são convidadas a vir para nossos cultos? O que nós oferecemos aos perdidos? Minha oração é que Deus nos perdoe pelo nosso preconceito e acepção, e que a igreja desperte para o que é seu e não se submeta à fôrma do mundo, para não "se conformar com este mundo".  

5 comentários:

  1. Higor Arruda Cerqueira15 de abril de 2010 13:20

    Acredito que nossas igrejas, num todo, não estão preparadas para receber aqueles que realmente precisa dela.
    A galera da grana, empresários e tudo mais sentam em bancos confortaveis nas nossas igrejas enquanto os mendigos e prostitutas são enxotados para fora, BASTA, quem mais precisa? Não são estes que eram atraídos por Jesus? Acredito que maioria das pessoas que rodeavam Jesus eram os pobres, os desempregados, pois a galera da grana estava nos seus "escritórios" e Jesus pregava no deserto, na praia e outros lugares onde o pessoal que "trabalhava" normalmente não estava.
    Precisamos abrir os olhos para ver que não temos nem mesmo chegado perto do JEsus realmente espera de nós ...

    Abraços, saudações Cavernosas rsrsr
    Deus abençoe


    abra

    ResponderExcluir
  2. JESUS AMA O PECADOR, MAS ABOMINA O PECADO. nÃO SOMOS CONTRA OS HOSSEXUAIS, MAS CONTRA AS SUAS PRÁTICAS.pOR AMOR A dEUS ABANDONAMOS QUALQUER ESPÉCIE DE PECADO, PORQUE NOSSO AMOR POR jESUS TEM QUE SER MAIOR QQUE QUALQUER OUTRA COISA.

    ResponderExcluir
  3. Beem..
    Concordo hoje a igreja está muito voltada a pessoa, nós em geral eu vc todos, temos que lembrar de amar o proximo como a nós mesmos. Independente de cor, raça, raligião, e AMOR e pronto, não é fácil mais é a realidade. A igreja tem que ser lugar de conforto, alegira, paz, fortalecimento, Não lugar de desonra ou coisa do tipo qe todos mundo de isola ou coisa tal, acho que salvariamos bem mais pessoas se começassemos a INTENDER O QUE É O AMOR..!!!!

    ResponderExcluir
  4. Realmente hoje temos presenciado um mundo cheio de tragédias, infancias sendo destruídas e consequentemente futuros deturpados e bagunçados.
    Mas na palavra de Deus diz que devemos amar o pecador e não ao pecado. A igreja, nós, não temos cumprido com nosso papel, realmente a igreja deveria ser um lugar de refugio para os perdidos. Mas uma coisa tem me intrigado, nós concordamos que a igreja nao tem sido um lugar de refugio p/ tais, mas o que me preocupa é, será que nós mesmos temos encontrado esse refúgio, esse lugar onde há salvação, libertação, cura, etc?? É claro que existem exceções, mas muitas pessoas, e por que não dizer a maioria delas está na igreja apenas para cumprir com um compromisso social, mais uma reunião, um encontro com amigos, por não ter nada melhor pra fazer. Sabemos muito bem que muitas pessoas não estão alí para cumprir o ide, nem seguir realmente a risca a Cristo, mas muitas estão na igreja por medo do inferno, ou por que é simplesmente "legal" estar ali. Precisamos voltar a essencia, e a essencia é Cristo. Jesus morreu pelo mundo sim, pelos pecadores, pelos doentes, etc mas muitas vezes encontramos essas pessoas se passando pela igreja, e pode ser esse um dos motivos pelo qual a igreja não tem cumprido seu papel como Cristo cumpriu!
    Amados, desculpe-me a sinceridade! Creio que aqui eu tenho essa liberdade, isso é o que Deus trouxe ao meu coração, espero que tenha edificado!

    Deus abençoe vcs! bjss! A paz do Senhor a todos!

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente é isso mesmo que ocorre, Jaderelson..
    Faço minha a sua oração..
    Continue postando novas idéias..isso aqui é importante! Amo vc, meu brother
    bjos, BIC

    ResponderExcluir